Telefone: (51) 3029-3399

Rua Dona Laura, 320 - 9º andar

(estacionamento convênio na entrada do prédio - 10% desconto) 

No dia 26 de junho aconteceu o 7º Fórum da Saúde e Bem-estar, em São Paulo (SP). Grandes nomes brasileiros da saúde pública e privada se unem para debater soluções e temas relevantes para o sistema de saúde brasileiro. Além disso, 13 especialistas receberam o Prêmio Lide Saúde 2018. Entre os premiados, está o diretor da Otorrinos Porto Alegre, Geraldo Druck Sant’Anna.

O que parece ser apenas uma característica particular de alguém pode ser algo bem mais grave. O ronco pode fazer parte da apneia obstrutiva do sono, um distúrbio capaz de provocar condições perigosas para a saúde. Hipertensão arterial, problemas cardíacos, diabetes, depressão e, até mesmo,

Na época do frio, as pessoas se concentram mais em locais fechados, o que facilita a propagação de vírus e bactérias que causam inúmeras doenças. O pneumologista Ciro Kirchenchtejn esclarece várias questões sobre as doenças mais comuns no inverno, como gripe, resfriado, amidalite, asma, otite, bronquite, pneumonia, sinusite e alergias.

Espirros, comichões e nariz pingando são sintomas clássicos da chegada do outono. Todo ano é a mesma coisa e quem tem propensão a desenvolver alergias, sente isso na pele, pois o sistema imunológico acaba sendo mais afetado por ácaros.

A labirintite é uma doença do ouvido que afeta o labirinto e suas estruturas responsáveis pela audição e pelo equilíbrio. Erroneamente, as pessoas passaram a acreditar que toda e qualquer vertigem significa labirintite – que é uma inflamação do labirinto. Conheça as principais doenças do labirinto:

A proximidade do fim do verão nos faz lembrar que alguns cuidados devem ser tomados para não pegar resfriados e gripes que costumam ocorrer quando o outono chega. Para evitar que isso aconteça, destacamos alguns procedimentos que ajudam a impedir que o vírus ataque.

Coceira, irritação, incômodo e entupimento são sensações frequentes no nariz da maioria das pessoas. Quando o tempo está seco demais, os problemas aumentam. No verão, com chuvas frequentes, pode haver uma trégua, mas, no frio, com a maior incidência de resfriados e gripes, o congestionamento nasal é comum.

No verão, os casos de otite aumentam muito, principalmente em crianças, por conta das férias na praia ou piscina. A água é o vilão nessa história. Mas alguns cuidados simples, básicos, podem evitar problemas que vão atrapalhar a diversão.

Tirar uns dias de férias com a família na praia é o sonho da maioria, mas é preciso cuidado e atenção com as crianças. Por isso, seguem 5 cuidados com ouvidos no verão, para evitar “dores de cabeça” posteriores.

Você sabia que quase 6 milhões de brasileiros têm possuem deficiência auditiva? E isso se reflete  na comunicação e no desenvolvimento cognitivo e psicossocial. Mas existem várias formas de prevenir problemas. Confira:

O Dr. Geraldo Druck Sant'Anna, médico da Clínica Otorrinos, agora faz parte da nova diretoria da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF). Profissional com larga experiência e densa formação na área, Dr. Sant'Anna começa como 1° vice-presidente, passará para 2° vice e chegará a presidente de acordo com o sistema de governança da entidade.

Desde o início da primavera, algumas doenças se tornam mais frequentes, principalmente as que estão relacionadas ao desabrochar e polinização das flores, como é o caso da rinite alérgica. Esse problema pode provocar espirros, produção de muco, congestão nasal, lacrimejamento e coceira no nariz e nos olhos.

Pagina 1 de 4