Telefone: (51) 3029-3399

Rua Dona Laura, 320 - 9º andar

(estacionamento convênio na entrada do prédio - 10% desconto) 

Fisionomia do rosto pode mudar com respiração pela boca

Quando a época mais fria do ano começa, surgem problemas decorrentes do tempo seco. A principal forma de amenizar as consequências do outono e do inverno para o aparelho respiratório é beber bastante água.

Usar inalador com soro fisiológico e água potável também trará benefícios para quem sofre com rinite ou asma, pois a hidratação do nariz vai diminuir seu ressecamento e inflamação provocada pela falta de umidade.
Respirar pela boca pode trazer vários prejuízos, especialmente para crianças, quando isso vira hábito. Por isso, é tão importante manter as vias respiratórias liberadas, desentupidas. A obstrução nasal pode mudar a fisionomia do rosto. Podem ocorrer mudanças nos seios da face, em crianças, ao longo do tempo, como alteração na arcada dentária. Um dente superior pode ficar mais aparente e a mandíbula mais caída.
Outras consequências da respiração pela boca são a sonolência, surgimento de olheiras, prejuízo no rendimento escolar e mastigação rápida demais.
Qualquer medicação para tratar rinite, asma ou outras doenças respiratórias só deve ser prescrita pelo profissional médico, mas existem cuidados básicos, caseiros, que podem ajudar a melhorar a qualidade de vida. São eles:
1. Limpar a casa com aspirador de pó e passar pano úmido nos móveis frequentemente.
2. Trocar a roupa de cama toda semana.
3. Quanto menos objetos no quarto, menos pó será acumulado. Então, tire tudo o que não for absolutamente indispensável.
4. Apesar de todo o amor pelos animais de estimação, não permita que entrem no quarto para não liberar pelos que podem ser prejudiciais.
5. Mantenha o quarto arejado.
6. Sendo necessário, use umidificador de ar ou coloque uma toalha molhada ou balde de água para aumentar a umidade no quarto.