Telefone: (51) 3029-3399

Rua Dona Laura, 320 - 9º andar

(estacionamento convênio na entrada do prédio - 10% desconto) 

Ronco infantil: entenda o que causa o problema e quais as principais consequências

Engana-se quem associa ronco somente aos adultos e idosos. O ronco infantil é algo preocupante aos pais e pode apresentar riscos no desenvolvimento das crianças. Mas, calma: vamos explicar o porquê. Para que você compreenda bem o assunto, fizemos esse texto separando alguns aspectos fundamentais. 

 

O ronco é capaz de afetar o crescimento das crianças e isso se justifica pela oxigenação dos tecidos, que é prejudicada (principalmente em casos de apneia). Uma das principais causas do ronco infantil são as alergias, pois obstruem as vias áreas. Outro fator que interfere são as infecções nas amígdalas. A chupeta também influencia no problema: podem modificar a arcada bucal, deixando o céu da boca mais fundo. Essa deformação dificulta a passagem de ar e gera o ronco. A utilização de mamadeiras pode ocasionar a mesma consequência. Obesidade - gordura ao redor do pescoço - é mais uma das possíveis causas, assim como doenças na garganta. 

Para identificar o ronco infantil, recomendamos uma polissonografia, exame que determina o que acontece no corpo da criança enquanto ela dorme. Desse modo, são analisados aspectos relacionados à oxigenação do sangue, atividades cerebrais, posições, respirações e demais problemas. Aqui em nossa clínica, você encontra um atendimento especializado, agende sua visita!