Telefone: (51) 3029-3399

Rua Dona Laura, 320 - 9º andar

(estacionamento convênio na entrada do prédio - 10% desconto) 

Entenda sobre remédios antivirais para GRIPE

Os medicamentos antivirais diminuem a capacidade do vírus da gripe se reproduzir e são recomendados para o tratamento ou prevenção da doença. Se forem usados de acordo com a orientação médica, podem diminuir a intensidade ou duração da gripe.

Recomenda-se ingeri-los dentro de dois dias depois de iniciar os sintomas, para que se consiga reduzir os efeitos da gripe em um ou dois dias.

O antiviral é recomendado para prevenir a gripe quando o paciente tiver contato próximo com alguém que está comprovadamente gripado. O remédio se torna mais importante quando a pessoa tem alguma doença crônica, como asma ou diabetes. Estes pacientes têm maiores riscos de desenvolver alguma complicação a partir da gripe. A vacinação contra a gripe tem esta mesma função.

Alguns dos remédios antivirais apresentam efeitos colaterais, como náuseas, vômitos ou desconfortos intestinais. A recomendação do medicamento varia de acordo com a situação de saúde da pessoa e da certeza diagnóstica do processo, já que a diferenciação clínica entre processos por outro vírus e pelos vírus da gripe pode ser bastante difícil. É fundamental que se vá ao médico quando da suspeição de gripe (dor no corpo, febre alta aparecimento rápido de sintomas das vias aéreas superiores) nas primeiras 48 horas da doença e a possibilidade de usar esse tipo de medicação seja discutido.

Outras medicações reconhecidas popularmente como antigripais, na realidade são sintomáticos para diminuir, dor, febre, tosse, coriza etc.

Fonte: Medcenter